Aluguel de imóveis virtualmente está sendo preferência entre a maioria dos clientes

Aluguel de imóveis virtualmente está sendo preferência entre a maioria dos clientes

O mundo não é mais o mesmo. A pandemia trouxe momentos de crise, soluções inesperadas, transformações profundas nos relacionamentos e avanços da tecnologia em uma velocidade nunca vista. Tudo isso proporcionou mudanças significativas também no aluguel de imóveis.

Pesquisa do portal imobiliário Imovelweb mostra que o mercado da locação, impactado pela criação da imobiliária digital antes mesmo da pandemia, segue firme na migração para o ambiente virtual.

O estudo mostra que 65% das pessoas que estão em busca de moradia estão dispostas a fechar negócios de forma virtual – e olha que já se vão sete meses desde o aparecimento do coronavírus no país.

É verdade que o isolamento social, necessário para conter a curva ascendente de contágio do coronavírus, se transformou em distanciamento.

No entanto, ainda assim o aluguel de imóveis virtual se mantém firme na preferência dos consumidores, o que deve fazer muitos corretores reavaliarem suas posições.

Aluguel de imóveis virtualmente está sendo preferência entre a maioria dos clientes

Contrato virtual de aluguel de imóveis também sobe na preferência

O que a pesquisa mostra não é apenas o aumento da preferência pelas visitas online. Muito pelo contrário, a tendência do mercado imobiliário virtual se consolida de forma cada vez mais ampla.

Após a adaptação dos cartórios para a maioria dos serviços no ambiente digital, entre eles o próprio registro para compra e venda, o que se vê é uma predisposição clara e ainda maior do consumidor para fechar contratos de aluguel de imóveis também de forma virtual.

Essa tendência de consumo não chega a surpreender. Com a tecnologia tornando os meios virtuais cada vez mais seguros, proprietários e inquilinos têm total confiança no mercado imobiliário online.

Por outro lado, além do distanciamento social que deve permanecer como um hábito saudável mesmo no mundo pós-Covid, o aluguel de imóveis virtual poupa tempo, reduz despesas e ainda praticamente elimina a burocracia que já era tradicional do mercado imobiliário.

Hoje a pesquisa mostra que quase a metade dos entrevistados (46%) assinaria um contrato imobiliário de forma totalmente virtual.

Ou seja, o corretor que ainda aposta o dia a dia da sua imobiliária nos serviços presenciais está fadado a desaparecer engolido pelas tendências.

Aluguel de imóveis virtualmente está sendo preferência entre a maioria dos clientes

Corretores e imobiliárias devem investir em tecnologia

Entretanto, é claro que a migração para a imobiliária digital e os serviços virtuais demanda um certo investimento em tecnologia, tempo e predisposição.

Os profissionais do mercado imobiliário que habituaram a trabalhar sempre da mesma forma, avessos aos avanços tecnológicos, precisam reavaliar suas prioridades.

Por outro lado, é preciso mudar suas rotinas, abrindo espaço para a automação que gera mais tempo para o atendimento ao cliente.

E a maioria deles busca empresas imobiliárias de ponta, antenadas com os novos tempos e com profissionais atualizados com os meios digitais.

A grande vantagem hoje é poder contar com sistemas tecnológicos especializados para o mercado imobiliário que facilitam o dia a dia do corretor e oferecem ferramentas eficazes para o aluguel de imóveis virtual.

Contudo, é muito importante que o corretor saiba utilizar esses sistemas e suas ferramentas como parte de uma estratégia assertiva, que proporcione ao cliente as facilidades que ele espera encontrar na locação digital.

Disponibilize dados que atraiam os clientes

Saber como o consumidor está se comportando, suas expectativas e preferências, é fundamental na hora de montar essa estratégia. Por isso, além de um sistema imobiliário eficiente, é preciso disponibilizar dados que atraiam seu público alvo, que leve segurança ao cliente e que mostre a expertise da sua empresa.

A pesquisa da Imovelweb também mostra isso. De acordo com ela, ter acesso a fotos e vídeos do imóvel é essencial para 88% dos usuários – e para 82% deles informações simultâneas sobre a localização é fundamental para o aluguel de imóveis virtual.

Por outro lado, ter canais de comunicação eficientes, rápidos e múltiplos também é imprescindível, como WhatsApp, o preferido para 59% dos entrevistados.

Após, em ordem decrescente, seguem os e-mails com recomendações de locais semelhantes aos pesquisados (30%) e o chatbot para tirar dúvidas (22%).

A análise revela ainda que 52% das pessoas valorizam os filtros de busca e 37% fazem questão de passeios virtuais pelos imóveis para alugar.

Aluguel de imóveis virtualmente está sendo preferência entre a maioria dos clientes

Cuidado com a concorrência

Porém, se você ainda é um daqueles corretores teimosos, que confia mais no seu taco da presença física do que na tecnologia, deve ficar atento ao que faz a concorrência para abocanhar uma fatia cada vez maior do aluguel de imóveis virtual.

Parte da pesquisa foi voltada também para os profissionais e mostrou que 59% desses profissionais acreditam que em pouco tempo todos os contratos serão assinados de forma totalmente virtual.

Para isso, estão apostando pesado na tecnologia para amarrar todas as pontas – sempre em mente de que o relacionamento com o cliente é o principal diferencial.

Para isso, além de sistemas que permitam qualificar e converter leads com maior facilidade, a maioria aposta no poder dos aplicativos.

WhatsApp (78%) e as redes sociais (77%), por exemplo, figuram como as formas mais eficientes de interação com os clientes. Logo atrás estão os passeios virtuais (59%), o uso da inteligência artificial nas buscas (40%), avaliações virtuais (26%) e os chatbots (17%).

Tecnologia cada vez mais presente no dia a dia

A questão é que, apesar dos avanços diários, a tecnologia hoje não é mais novidade. São poucas as pessoas – e menos ainda os corretores de imóveis – que não a utilizam a todo instante.

Tanto é que a sua presença na residência também faz diferença na hora da escolha, mesmo para o aluguel de imóveis. Na pesquisa, apenas 9% dos clientes não a consideram necessária dentro de casa. Ainda assim, como a adesão crescente do home office definitivo, a tendência é que este índice caia cada vez mais.

E você, corretor, já está preparado para aproveitar o lucrativo nicho do aluguel de imóveis virtual? Quais as ferramentas que usa para atrair seus clientes e oferecer diferenciais de atendimento?

Compartilhe conosco a sua opinião e aproveite para experimentar gratuitamente o Imobzi, o mais completo sistema para corretores e imobiliárias do mercado!

Comentários

Posts Relacionados