Corretor de imóveis é hora de investir em vídeos

Corretor de imóveis é hora de investir em vídeos

Atuar na internet não é mais uma opção para corretores de imóveis e imobiliárias, já é uma questão de sustentabilidade. No entanto, cada vez mais não basta fazer o “feijão com arroz”, é preciso inovar e apostar em formas eficientes de alcançar públicos diferenciados, fazendo com que se engajem e interajam com você. Além das curtidas, é preciso que seus seguidores compartilhem e comentem suas publicações, e uma das formas mais interessantes de conseguir isso hoje é através dos vídeos. Que tal começar a voltar suas apostas para eles?

Aproxime-se mais do seu público com os vídeos

Imagem, som, ação, conteúdo. Os vídeos reúnem diversas características que, uma vez bem trabalhadas, facilitam a criação de um relacionamento com seu público. Mais do que o post? Talvez, em algumas situações. Através do vídeo o cliente vê o seu comportamento, a forma como você se expressa, se movimenta, seu tom de voz. É a sua imagem – e a sua mensagem – que vão gerar confiança no cliente para que ele comente, pergunte, compartilhe, entre em contato.

Por outro lado, você também tem muito controle do que está produzindo. Você pode gravar e regravar quantas vezes quiser, modificar o roteiro, falar de improviso, decorar ou ler através de um teleprompter (TP), fazer takes diferentes, inserir imagens de outros locais, editar, editar de novo e editar outras vez – até que esteja do jeito que você quer. E o melhor, é que com o tempo cada vez você ficará mais espontâneo, mostrando mais segurança e também expondo mais o profissional que você é na realidade.

Crie diferenciais frente à concorrência e aumente sua visibilidade

A criação de vídeos gera diferenciais em meio à concorrência, já que a maioria aposta nos posts escritos. Você está chamando mais a atenção do público e levando a ele um material de fácil acesso, que mexe com a audição e a visão, sentidos que colaboram para uma lembrança mais duradoura do que está sendo exposto.

Por outro lado, você estará criando também um canal a mais para ser encontrado nas pesquisas do Google, desde que os vídeos também sejam devidamente otimizados pelas técnicas de SEO, praticamente da mesma forma que os posts. Para você ter uma ideia, o Youtube já é a segunda maior rede de pesquisas da internet, perdendo apenas para o próprio Google – ao qual pertence, aliás.

Mas como otimizar os vídeos?

O primeiro passo é definir as palavras-chave que você vai usar – exatamente como você faz no conteúdo escrito das redes sociais. Elas devem estar no nome do vídeo antes mesmo de ser enviado para o Youtube (nome do arquivo), no título, na descrição e nas tags, além de todos os textos que envolvem o vídeo. Isso porque o Google não consegue “ver” o que está no vídeo, mas determina qual é o seu conteúdo através dos títulos, tags etc.

Você também pode incluir a transcrição do vídeo no Youtube, o que colabora para que seja visto pelos motores de busca. Mas lembre-se, as palavras-chave devem estar em harmonia, em quantidade razoável mas não exagerada e de forma a fazerem sentido. Coloque também a URL do seu site imobiliário na descrição do vídeo (meta description).

Outra forma de otimizar é incorporar o vídeo ao seu site, porque os algoritmos avisam ao Google quantas vezes ele é exibido, então você estará somando registros às visualizações no Youtube. Você também pode colocá-lo nas páginas mais bem posicionadas do seu site, impulsionando ainda mais as visualizações – e até publicar a transcrição no site ou blog da imobiliária ou em sites parceiros com um link para o vídeo.

Está vendo como vale a pena diversificar a divulgação da sua imobiliária? Os vídeos são uma excelente forma de você mostrar a sua expertise, conquistar a confiança do mercado, se sobressair entre a concorrência e criar relacionamentos mais próximos com seus clientes. Mas lembre-se de sempre publicar vídeos de qualidade, por isso revise-os e edite-os quantas vezes for necessário antes de publicar.

E você, já fez algum vídeo como corretor de imóveis? Como foi a repercussão? Conte para a gente a sua experiência aqui nos comentários!

Comentários

Posts Relacionados