Fluxo de caixa: melhore a saúde financeira da sua imobiliária

Fluxo de caixa: melhore a saúde financeira da sua imobiliária

Como qualquer outro negócio, uma imobiliária também precisa de um bom planejamento financeiro. E é aí que mora o perigo: é preciso muita disciplina, atenção e controle para manter um bom fluxo de caixa e garantir a sustentabilidade da empresa.

Por outro lado, a tecnologia é uma grande aliada ao simplificar o que parece um assunto complicado a princípio. Veja o que é e como manter a saúde do seu negócio com um fluxo de caixa eficiente.

Mas afinal, o que é o fluxo de caixa ?

Uma imobiliária é uma empresa como qualquer outra, com entradas (receitas) e saídas de dinheiro (despesas). O grande problema é que a rotina corrida natural do mercado imobiliário muitas vezes não deixa tempo para a atenção devida ao fluxo de caixa .

Com isso, acaba-se perdendo o controle financeiro e a previsibilidade que torna saudável a vida financeira da empresa.

Assim, uma das dicas para manter um fluxo de caixa é fazer uma segmentação de receitas e despesas. Dessa forma, além de saber exatamente de onde vem e para onde vai o dinheiro, é possível prever gastos e corrigir rumos evitando desperdícios.

Por exemplo, há despesas que são fixas. É o caso de serviços terceirizados, como agências de marketing digital, por exemplo. Mas há também as variáveis, como as contas de energia, água, impostos e comissões. Apesar de estarem lá todos os meses, os valores variam de um para outro.

As receitas, por exemplo, pode ser segmentadas como locações, vendas ou ainda em relação ao tipo de imóvel (comercial/residencial).

Quanto mais segmentadas as informações, mais fácil será o controle do fluxo de caixa .

Fluxo de caixa: melhore a saúde financeira da sua imobiliária

Como manter o fluxo de caixa em dia

Um dos maiores problemas em manter um fluxo de caixa é justamente o tempo dispensado a ele. Afinal, no meio da rotina agitada da imobiliária, é muito difícil anotar tudo o que entra e sai. Principalmente quando esse controle é feito à mão. Veja algumas dicas para facilitar seu controle.

Estabeleça – e mantenha – uma frequência

O ideal é que o fluxo de caixa seja feito diariamente. No entanto, pode ser que não haja movimentação suficiente para isso todos os dias. Nesse caso, procure não deixar passar de uma semana.

Não esqueça: todas as contas fixas, parcelamentos e financiamentos devem ser provisionados no fluxo de caixa .

Receitas recorrentes, que têm seu recebimento previsto, também devem ser lançadas – desde que as vendas já tenham sido assinadas. Se ainda não há contrato assinado, não lance. Nunca conte com o que não é 100% certo.

Quanto mais segmentado em categorias, mais fácil será manter o controle do fluxo de caixa .

Calcule o saldo do período

Outra dica importante é saber sempre o saldo do último fechamento. Assim é possível ter uma visão bem clara do valor real após aquele período de movimentação.

Isso é bem fácil. Basta somar todos os valores recebidos e subtrair as saídas. Depois some o resultado ao saldo inicial. Assim você identifica os dias ou semanas em que há mais pagamentos ou recebimentos, facilitando sua previsão mensal.

Fluxo de caixa: melhore a saúde financeira da sua imobiliária

Deixe a caneta de lado – aposte na tecnologia

Já vai longe o tempo do caderninho, mesmo que não seja você a fazer o fluxo de caixa . As análises deve ter regularidade, por isso quanto mais fáceis de fazer, menos risco de alguma coisa ser esquecida.

Por isso, use a tecnologia. Hoje há programas e planilhas, mas o ideal mesmo é ter um software imobiliário. Como é produzido especialmente para o segmento, traz ferramentas direcionadas que facilitam ainda mais esse controle.

Um bom sistema imobiliário traz gráficos que facilitam a leitura, ajuda a evitar erros, garante um armazenamento mais seguro e facilitam a transmissão de dados quando necessário.

Quanto mais automatizado for o seu sistema, mais rápido e seguro se torna o seu fluxo de caixa . Assim você otimiza o trabalho do departamento financeiro ou reduz seu próprio tempo operacional para quem é autônomo.

Vantagens do fluxo de caixa

O controle do fluxo de caixa traz diversas vantagens para a sua imobiliária. Veja algumas delas:

  • Tem noção mais exata do capital mínimo necessário para manter a sustentabilidade do negócio;
  • Identifica possível falta de verba, permitindo ações preventivas para não entrar no vermelho;
  • Identifica sobra de caixa possibilitando investimentos mais assertivos;
  • Identifica a melhor data para o pagamento de contas.

E você, já tem um bom software imobiliário para controlar seu fluxo de caixa com eficácia? Venha conhecer o Imobzi e melhore a saúde financeira da sua imobiliária!

Comentários

Posts Relacionados