Franquia imobiliária

Franquia imobiliária

Apesar das oportunidades surgidas com a criação das MEIs, abrir um negócio, de forma geral, não é fácil. Em busca de um negócio lucrativo, muita gente, acaba morrendo na praia. Segundo o IBGE, 48% das novas empresas fecham suas portas com 3 anos de vida – mas isso só acontece com 5% das franquias. E é aí que entra o pulo do gato para os corretores: a franquia imobiliária. Veja como funciona e por que vale apena explorar esse nicho.

Franquia imobiliária, um negócio em expansão

A maior parte das novas empresas que terminam quase antes mesmo de começar o fazem principalmente por falta de experiência e planejamento de seus gestores. E isso é exatamente o oposto do que ocorre com as franquias, que recebem todo o know how de empresas já consolidadas no mercado.

Só para se ter uma ideia, de acordo com a Associação Brasileira Franchising (ABF), só no primeiro semestre de 2017 houve um faturamento de R$ 4,1 bilhões. Esse valor significa um aumento de 8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

E tudo indica que esses números serão progressivos. Principalmente para a franquia imobiliária, já que o mercado encontra-se em franca recuperação, com expectativas muito boas para 2019.

Modelo já é sucesso em vários países

A franquia imobiliária pode até ser uma certa novidade em terras brasileiras, mas em muitos países ela já é uma fórmula de sucesso. Basta dar uma olhadinha no país pioneiro nesse modelo de negócio, a Austrália.

Por lá, a franquia imobiliária já está consolidada há mais de 30 anos. Por outro lado, nos Estados Unidos, o setor responde por nada menos que 89% das vendas.

Com esses números o corretor tem toda razão em se animar. Mas o motivo de sucesso da franquia imobiliária vai ainda mais longe. Uma das grandes vantagens é que o corretor sequer precisa ter experiência no mercado.

Mesmo quem está começando na profissão pode se tornar um líder graças à experiência e ao suporte dado pela dona da franquia. E para quem já é um corretor consolidado no mercado, melhor ainda. Aí a questão é apenas uma soma de forças e know how para ir ainda mais longe.

Ou seja, a franquia imobiliária é um ótimo negócio tanto para o corretor iniciante quanto para quem já está há anos no mercado.

Franquia imobiliária

Conheça as vantagens da franquia imobiliária

Há várias vantagens em montar uma franquia imobiliária. Veja por que esse modelo de negócio começa a fazer tanto sucesso no país.

Baixo investimento

Ao contrário de outras áreas de franchising, na franquia imobiliária o empreendedor não precisa comprar equipamentos ou produtos para fazer estoque. E esse costuma justamente ser o calcanhar de Aquiles do franqueado, já que produtos parados são sinônimo de dinheiro perdido. Não é investimento nem lucro.

Na franquia imobiliária o que o franqueado terá como custos fixos é, na verdade, bem pouco. Seria o aluguel do imóvel e a comissão da equipe. É lógico que o investimento em ferramentas tecnológicas que melhorem ainda mais o atendimento também é indicado.

Sistemas imobiliários, site móvel e CRM, por exemplo, colaboram para maior divulgação e otimização do trabalho da equipe – aumentando sua margem de lucro.

Know how e suporte

Com todo o apoio do dono da franquia, é muito mais fácil tomar ações assertivas no mercado. Além do aporte na estrutura durante a abertura, o franqueado também deve seguir um padrão de negócio. Dessa forma, as estratégias e análises de desempenho e de mercado são facilitadas.

 

 

Maior divulgação do seu negócio

Ao contrário de quando se abre uma imobiliária do zero, ter uma marca já conhecida no mercado aumenta a sua visibilidade. Na franquia imobiliária, o corretor conta com o marketing geral da matriz e ainda diretrizes que o ajudam na divulgação da sua franquia.

Maior independência

Na franquia imobiliária você atua sendo seu próprio patrão. Você estabelece seus horários, contrata a sua equipe, flexibiliza seus assuntos. Isso, sem contar que o corretor também pode encontrar uma franquia imobiliária home based.

Nesse caso, os custos são ainda menores, já que não há necessidade de locação de imóvel e a equipe pode ser reduzida. Além disso, em vez de um percentual sobre o ganho bruto mensal, a taxa de franquia home based costuma ser um valor fixo.

Mais poder de negociação

Ao contrário de quando se começa uma imobiliária sozinho, o corretor franqueado ganha mais poder de negociação. Afinal, ele pode ter o suporte de todas as outras unidades, o que faz diferença na hora de negociar.

Viu como a franquia imobiliária é um bom negócio? Tenha apenas o cuidado de escolher bem a franquia, já que decisões erradas do dono influenciarão toda a rede. Por outro lado, lembre-se que há menos poder de escolha e liberdade de ação, já que é preciso seguir um padrão de atuação e divulgação. Analise seu próprio perfil. Se você não gosta de aceitar opiniões, pode ser complicado abrir uma franquia.

E você, o que acha da franquia imobiliária? Já procurou investir nesse modelo de negócio? Compartilhe conosco a sua experiência!

Comentários

Posts Relacionados