Growth Hacker Imobiliário

Growth Hacker Imobiliário

Quando em 2010 Sean Ellis cunhou o termo Growth Hacking talvez não tenha imaginado a febre que se tornaria uma década depois. Hoje a metodologia é assunto obrigatório nas rodas de marketing e statups, mas está muito além do modismo. Assim como a figura do Growth Hacker, claro.

No mundo imobiliário esse profissional ainda é uma novidade vanguardista das empresas que estão sempre com os olhos no futuro. O Growth Hacker trabalha com táticas e estratégias que unem o marketing criativo, dados e engenharia de software.

Tudo isso para chegar mais longe, pegando caminhos criativos que combinam e ultrapassam os limites do SEO, testes A/B, Inbound Marketing ou conteúdos virais.

Mas e na imobiliária, como se aplica? Veja por que vale a pena saber mais sobre o assunto.

Growth Hacker Imobiliário

Afinal, o que faz o Growth Hacker?

A ideia do Growth Hacking é fazer com que as organizações se expandam mais rapidamente através de abordagens científicas. Assim, a meta é orientar os esforços mais para o crescimento da imobiliária do que para o posicionamento da marca.

Para isso, o Growth Hacker alia conhecimentos de marketing e desenvolvimento de produtos, por exemplo, a criatividade, curiosidade e métricas. O principal objetivo é conectar seu público-alvo a produtos e serviços.

Ou seja, imerso no marketing e nos processos da empresa o Growth Hacker elabora análises científicas e estudos para encontrar grandes gatilhos de crescimento, gerando mais resultados. Veja alguns deles:

  • Aumento da audiência nos canais de comunicação em geral;
  • Economia de recursos, inclusive dos custos com marketing;
  • Fidelização e melhoria no relacionamento com os clientes;
  • Captação de novos clientes;
  • Agilidade no crescimento.

Como ter um Growth Hacker na imobiliária

Como você viu o Growth Hacking se aplica a qualquer empresa, de qualquer setor – e de qualquer tamanho. Isso significa que mesmo que imobiliária seja enxuta o Growth Hacker pode ter um papel fundamental para seu crescimento.

Assim, tanto é possível montar um time como apenas um Growth Hacker. No entanto, há dois aspectos que influenciarão a qualidade e a velocidade de entrega dos experimentos: valores e características técnicas.

Growth Hacker Imobiliário

Principais valores necessárias a um Growth Hacker

Alguns valores são comuns a esses profissionais de sucesso:

  • Valorizam pequenas melhorias – Nem fórmula milagrosa nem bala de prata. O Growth Hacker deve saber valorizar o efeito de pequenas melhorias.

Por isso, você também não deve se decepcionar com um experimento que não aumentou 300%. Mas 5% aqui mais 5% lá e outros 5% acolá podem trazer excelentes resultados no futuro;

  • Gostam de experimentar – As experiências constantes e variadas são imprescindíveis ao sucesso da imobiliária. A cultura de testar ideias deve estar presente no dia a dia do profissional.

Afinal, segundo o próprio Sean Ellis, a o Growth Hacking é um marketing orientado para experimentos;

  • São curiosos – Não existe ideia maluca o suficiente que não deva ser testada. Pensar fora da caixa é fundamental em um Growth Hacker. Deve haver uma curiosidade nata para pensar em possibilidades, em todas as direções;
  • Têm pensamento analítico – As métricas têm papel muito importante na metologia. Um Growth Hacker deve saber ler, interpretar e tirar conclusões de números para tomar decisões baseadas em dados estatísticos.

Growth Hacker Imobiliário

Características técnicas mais procuradas em um Growth Hacker

O Growth Hacker não precisa vir de uma área específica. Ele pode ser de marketing, TI, vendas ou engenharia, por exemplo. Mas além dos valores, o conhecimento técnico também conta. Alguns deles pesam bastante na contratação de um Growth Hacker, como:

  • Ser multidisciplinar para poder lidar com o cenário global da imobiliária;
  • Ter noções de programação em HTML e CSS;
  • Ter conhecimentos em Marketing.

5 passos para aplicar o Growth Hacking na sua imobiliária

Você pode contratar ou acabar se tornando o próprio Growth Hacker da sua imobiliária, montando uma equipe sob o seu comando. Veja aqui como implementar uma estratégia de Growth Hacking eficaz na sua empresa em cinco passos:

1 – Foque em um problema

Toda imobiliária sofre com vários problemas. Eleja um deles e mantenha o foco nele a princípio. Pode ser baixa geração de leads, pouca conversão no funil de vendas ou pouco tráfego no site, por exemplo.

Manter o foco em um problema por vez melhora a produtividade da equipe e o desenvolvimento de técnicas de Growth Hacking.

2 – Produza ideias

Dê um tempo para que cada integrante da sua equipe faça um brainstorm individual e apresente ideias. Quanto mais, melhor. Liste todas as hipóteses e soluções e definam quais as oportunidades de crescimento que serão testadas.

3 – Realize testes

Agora é a hora de colocar em prática testando as ideias selecionadas. Organize o processo em etapas e defina a expectativa de resultado, assim como:

  • Quem será o responsável pelo teste;
  • A frequência de acompanhamento;
  • Como teste poderá ser otimizado;
  • Quais as ferramentas utilizadas;
  • As métricas que serão usadas;
  • O critério de sucesso do teste;
  • A anotação dos aprendizados;
  • Quais as pessoas envolvidas;
  • Qual o fluxo de trabalho.

Growth Hacker Imobiliário

4 – Definir qual foi a solução mais eficaz

Chegou a hora da avaliação. Agora entram as métricas para definir se a solução foi eficaz ou não. A compilação de dados deve ser dinâmica para permitir uma análise segura que confirmar a eficácia (ou não) daquela ação.

Faça perguntas como: “Qual a eficiência/sustentabilidade da solução?”” Ela tem efeitos no curto, médio e/ou longo prazo?”, “Qual solução possui menor complexidade de implementação?” e “Qual solução possui maior ROI de implementação?”

Se o resultado positivo, o teste pode evoluir para uma ação em maior escala que poderá ser aplicada amplamente como solução oficial.

5 – Buscar o próximo problema e repetir o ciclo

O Growth Hacking deve ser uma ação constante. Uma vez resolvido um problema, é hora de voltar àquela lista e passar para o próximo.

Ou refazer toda a lista, já que muitas vezes a solução de um problema influencia assertivamente em outros, modificando o quadro geral.

Com o Growth Hacking você terá um crescimento mais rápido e sustentável da sua imobiliária.

E então, pronto para ter um Growth Hacker no seu negócio? Aproveite e descubra se não está na hora de escalar sua imobiliária!

Comentários

Posts Relacionados