Novos investimentos: imóveis que são comprados visando o aluguel

Novos investimentos: imóveis que são comprados visando o aluguel

Os primeiros meses de pandemia assustaram o mercado imobiliário, gerando incertezas e frustrações. Mas como um setor sempre à frente do seu tempo, está sabendo usar a tecnologia para reverter o quadro e aproveitar cada oportunidade que surge. Uma delas são os novos investimentos em imóveis para aluguel.

Você vai pensar que isso sempre existiu, é claro. E vai estar certo. Só que não estamos falando aqui da forma tradicional, daquele cliente que quer um rendimento fixo todo mês e compra um apartamento, por exemplo, para aluguel fixo ou por temporada.

Estamos falando de novos investimentos de curto prazo, puxados pela tecnologia. Afinal, é graças a ela que o mundo está conseguindo se reinventar mesmo em pandemia. Mas antes do distanciamento social, já existiam novos players no mercado, como o Airbnb, pelo qual você aluga por pouco tempo apenas um quarto ou uma casa inteira pela internet.

A ideia, então, é que as próprias imobiliárias aproveitem esse modelo .

Novos investimentos: imóveis que são comprados visando o aluguel

Aumente oportunidades com os novos investimentos para locação

A pandemia não passou e pelo que tudo indica está longe disso. Mas estamos todos aprendendo a viver com ela. A transformação tecnológica tem deixado tudo mais fácil, aproximando as pessoas, resolvendo processos à distância, praticamente criando um novo mundo.

Hoje, com os índices de vacinação aumentando, as pessoas estão voltando a viajar. Querem tirar o tempo perdido, mais do que nunca conhecer novos lugares. Mas cada vez menos querem os velhos modelos de volta.

Assim, em vez de pousadas e hotéis, há uma procura crescente por instalações individuais. Casas, apartamentos ou studios particulares que possam ser alugados exclusivamente pelo casal, família ou grupo de convivência.

É uma forma de viajar com segurança, reduzindo o risco de contágio e garantindo maior privacidade e com conforto.

Novos investimentos: imóveis que são comprados visando o aluguel

Modelo é inspiração para imobiliárias

A ideia é justamente usar o modelo do Airbnb, onde quem quer viajar encontra pela internet o imóvel ideal para a sua necessidade.

Assim, imobiliárias e startups estão fazendo novos investimentos para criar portfólios de imóveis próprios exclusivamente para locação de curta duração.

A startup ReAlpha (Dublin), por exemplo, está fazendo um aporte de US$ 1,5 bilhão para aplicar nesses novos investimentos. A oportunidade é altamente estratégica e visa um lucro alto e bastante rápido.

Para os especialistas, estes são novos investimentos imobiliários com lucro praticamente garantido. E é fácil entender o porquê: o modelo de negócio já foi validado e comprovado, então agora é a hora de escalar.

Como aproveitar a oportunidade

Corretores e imobiliárias têm pelo menos duas formas de aproveitar esse nicho de novos investimentos. Uma delas é a criação de uma consultoria especializada para clientes que queiram aproveitar essa oportunidade.

Um bom sistema imobiliário facilita a captação de imóveis à venda com as características mais buscadas por este público dentro da sua região de atuação. Assim é possível criar uma carteira exclusiva para atender este tipo de cliente, incluindo a administração da locação de curto prazo.

Por outro lado, a própria imobiliária pode assumir o papel de investidora, criando um portfolio de imóveis para este tipo de aluguel e otimizando o lucro com o uso da tecnologia.

Novos investimentos: imóveis que são comprados visando o aluguel

Tecnologia tem papel fundamental nesse processo

A ReAlpha, por exemplo, pretende comprar de 100 a 500 imóveis. A empresa já anunciou que usará a Inteligência Artificial (IA) para fazer a avaliação e tomar decisões rápidas sobre o quanto pretende pagar.

De acordo com a própria startup, tudo através da tecnologia, que também será usada para analisar junto aos bancos a possibilidade de comprar “lotes” inteiros de imóveis de uma só vez. A ideia é aproveitar aqueles que têm moratória de hipoteca federal para serem executadas e conseguir melhores valores.

Por outro lado, as parcerias também podem ser fundamentais para encontrar os imóveis mais adequados. Eles são diferentes dos visados por compradores regulares ou investidores da locação tradicional. É preciso descobrir o tipo de demanda de cada região e buscar parceiros para fechar negócio.

A expectativa dos especialistas é que estes novos investimentos imobiliários aumentem tanto que acabem sendo institucionalizados. Por aqui, este ainda é uma oportunidade recente, ideal para que gosta de estar na vanguarda do mercado imobiliário.

E então o que achou dessa ideia? A plataforma Imobzi traz todas as ferramentas necessárias para ajudar o corretor a captar os imóveis mais adequados e também os melhores parceiros.

Venha experimentar gratuitamente por 15 dias e veja como Imobzi pode alavancar e criar novas oportunidades de negócios!

Comentários

Posts Relacionados