O que faz um corretor de imóveis?

O que faz um corretor de imóveis?

Não há dúvida: o corretor de imóveis é hoje uma da profissões mais valorizadas da atualidade. Além de haver sempre boas perspectivas de venda ou aluguel, desde que o profissional saiba criar diferenciais e esteja sempre antenado com as tendências do momento, há todo um conjunto de características que atraem cada vez mais novatos para a atividade, como a flexibilidade de horário, a possibilidade de ter seu próprio negócio ou trabalhar de forma autônoma e independência financeira, já que se por um lado não há salário fixo, por outro os ganhos podem ser ilimitados, dependendo apenas da sua própria dedicação. No entanto, o que se observa é que muitas dessas pessoas, apesar de sentirem-se atraídas por estes fatores, não sabem bem o que, afinal de contas, faz um corretor de imóveis. Você sabe?

Ser corretor de imóveis é saber lidar com as complexidades 

Muita gente imagina que para ser corretor de imóveis basta saber vender, ter uma espécie de lábia e entender alguma coisa da legislação específica – quando na verdade a atividade é muito mais complexa. O corretor de imóveis tem diversas responsabilidades, obrigações e deveres, rigidamente controlados por um código de ética que procura eliminar qualquer caráter meramente especulativo da profissão.

Para começar, ele é um profissional que, obrigatoriamente, deve estar registrado no Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci) da sua região – e para isso precisa passar por um curso de formação e estágio probatório – para só então iniciar a carreira regularmente.

O que faz um corretor de imóveis?

Leis que regem a profissão são bastante específicas 

Já vai longe, portanto, o tempo em que tudo o que o corretor de imóveis precisava ter era algum conhecimento da área e muitos contatos. Ele, hoje, precisa ter conhecimentos específicos, até porque específicas também são as leis que regem a atividade. A maior parte delas pertence ao Código Civil, como a Lei 12.236, de 19 de maio de 2010, que altera o artigo 723 do CC, e determina as obrigações do corretor de imóveis.

Entre elas estão checar e verificar a veracidade e validade de todos os documentos referentes ao imóveis e repassar essas informações ao cliente, sem omitir nenhum fato; pesquisar e apresentar todos as certidões e dívidas referentes ao imóvel em negociação; responder civil e penalmente por atos que prejudiquem de alguma forma o comprador, seja por imprudência, negligência, imperícia ou infrações éticas; e zelar e cumprir o código de ética da classe.

Na prática diária, as atividades são muitas 

Uma grande vantagem da carreira de corretor de imóveis é que as oportunidades de trabalho são bastante variadas, como venda e locação de imóveis, administração de condomínios, avaliação imobiliária, prospecção e captação de clientes e imóveis, por exemplo – o que se desenrola em várias outras atividades na prática diária e que envolvem todos os aspectos de uma negociação.

Isso inclui identificar e buscar o público-alvo para cada imóvel, responder a todas as dúvidas do cliente, estar sempre atualizado em relação ao mercado imobiliário, agendas visitas ao imóvel, checar toda a documentação pertinente à transação, reunir as informações necessárias para o fechamento do negócio em todas as suas esferas, combinar preço e condições da transação e firmar contrato relativo à sua participação no negócio.

O que faz um corretor de imóveis?

Crie diferenciais para ganhar destaque no mercado 

Todas estas atividades são as básicas de qualquer corretor de imóveis, mas isso não significa que você não possa desenvolver várias outras que criem diferenciais para você no próprio mercado, ajudando-o a se destacar entre a concorrência. É o caso, por exemplo, de apostar em ferramentas que o ajudem a estreitar os laços com os clientes e potencial, incrementando e personalizando o atendimento, o que colabora para a fidelização do cliente.

E é por isso que, quanto mais informação você tiver sobre ele e conhecimento do mercado e do imóvel especificamente, mais ações assertivas você será capaz de tomar, fazendo leituras mais precisas sobre as necessidades do seu cliente e antecipando seu desejo. Uma boa ferramenta para isso é o CRM, o Costumer Relationship Manager, que reúne dados desde o primeiro contato do seu lead, e cruzando informações coma  sua base de imóveis, qualificando-o cada vez mais para o fechamento o negócio. Assim, você estará criando um relacionamento individualizado e muito mais eficiente, caminhando em direção à fidelização do seu cliente.

O que faz um corretor de imóveis?

E então ainda ficou alguma dúvida? Quer saber mais sobre o assunto? Deixe aqui a sua sugestão e em breve responderemos com outro post! 

Comentários

Posts Relacionados