On demand – Mercado Imobiliário sob demanda

On demand – Mercado Imobiliário sob demanda

Tecnologia, inovação – e também um pouco de conflito. Por mais que a combinação pareça um pouco estranha a princípio, foi desses três conceitos que nasceu um outro, inteiramente novo e que está revolucionando a locação temporária: o mercado imobiliário on demand.

O termo lembra os serviços de streaming de filmes, e até pega um pouco da sua definição emprestada. O mercado imobiliário on demand é uma iniciativa que, em pouco mais de um ano, já pode ser considerada muito bem sucedida.

Só em São Paulo, cidade pioneira nesse novo modelo de moradia temporária, quatro das 16 principais construtoras já adotaram o sob demanda.

Hoje empreendimentos novos estão sendo construídos total ou parcialmente voltados para este tipo de projeto – ao que tudo indica um nicho super lucrativo para os corretores.

Veja como funciona e como apostar nesse mercado.

Mercado imobiliário on demand: tendência crescente

O mundo está cada vez mais ágil e essa agilidade também se reflete no mercado imobiliário. A casa própria já não é um sonho tão importante assim entre as novas gerações que, por sua vez, também apostam em uma mobilidade constante – de emprego, de moradia, entre novas oportunidades de vida.

Em uma fase de transição, moradores fixos e temporários ainda se estranham. A receita é adotar medidas que atendam a ambos, com empreendimentos exclusivos ou mistos.

O público on demand, aliás, é cada vez maior. São pessoas solteiras, viúvas, jovens executivos, estudantes e casais sem filhos, que apostam na combinação de apartamentos a partir de 10 m² e ambientes compartilhados. De serviços de lavandaria a Coworkings e até cozinhas, já são mais de 10 mil unidades entregues em São Paulo.

On demand - Mercado Imobiliário sob demanda

Agilidade cada vez maior na locação

Por outro lado, as facilidades da imobiliária digital são imprescindíveis no novo mercado imobiliário on demand. A agilidade na locação é cada vez maior, já se estabelecendo como uma de suas grandes características.

Aplicativos e plataformas eliminam completamente a burocracia, permitindo a locação em menos de 3 minutos.

A inovação permite que o futuro inquilino esteja na portaria e, dali mesmo, complete todo o processo em poucos minutos. Já os períodos de locação podem ser de apenas algumas horas a dias e meses.

Uma das pioneiras no mercado imobiliário on demand, a Housi, por exemplo, garante uma alta taxa de ocupação. Com taxa de custódia de 20% do aluguel para cobrir despesas como decoração, limpeza e análise de crédito, os rendimentos podem ser até 40% maiores do que da locação tradicional.

Nova opção de investimento

Com isso, é claro que o mercado imobiliário on demand, não está fazendo sucesso apenas entre inquilinos temporários. O sucesso tem sido tão grande que já chamou a atenção de investidores, que veem no aluguel dos imóveis sob demanda lucro certo.

A mira do público também recai sobre um tipo diferente de moradia. São apartamentos menores que os tradicionais, mas com características menos impessoais do que flats e hotéis.

Por mais que a aposta seja em um público nômade, o mercado imobiliário on demand oferece ambientes decorados com conforto e aconchego, unindo o melhor da conectividade com design.

A novidade são os novos modelos de cápsula de hospedagem, uma alternativa para estadias por horas ou pernoites. Soluções ágeis, espaços compartilhados e parcerias nas áreas de mobilidade, alimentação e até estética têm garantido o sucesso da iniciativa.

No menu, opções para agradar a ambos os públicos. Os modelos variam entre edifícios mistos (moradia temporária e residencial fixo) e os exclusivos com studios para aluguel de curto prazo.

Com isso, há uma dinâmica específica para evitar interferência – e incômodos – com portarias e áreas de lazer separadas, por exemplo.

On demand - Mercado Imobiliário sob demanda

Demanda dita as novas regras do mercado imobiliário on demand

O nicho é novo, mas a demanda é tão grande que já está ditando novas regras no mercado imobiliário on demand.

Entre elas estão a sofisticação cada vez maior das unidades, a parceria entre serviços e plataformas, a inteligência artificial das coisas (AioT), a conexão com plataformas como a Airbnb, etc.

Por outro lado, algumas plataformas, como a Housi, sequer solicita garantias de crédito visando facilitar a locação. Dessa forma não só agiliza como aumenta consideravelmente a taxa de ocupação.

A ideia é estender o serviço para moradias populares, aumentando a escalabilidade do negócio.

O que acha dessa nova oportunidade para ganhar dinheiro com o mercado on demand? Aproveite e conheça todas as funcionalidades do Imobzi e veja como o aplicativo mais completo do mercado pode ajudar você a fechar mais negócios!

Comentários

Posts Relacionados