Personas para o mercado imobiliário

Personas para o mercado imobiliário

Você, que é um corretor antenado com o mercado, sabe que as estratégias de marketing digital são fundamentais para obter bons resultados nas vendas. Mas sabe também que elas vão depender, e muito, do quanto você realmente conhece seu público-alvo? É para isso que existe a criação de personas.

Quando você cria uma ou mais personas, compreende melhor como seu público se comporta. A partir daí, serão definidas todas as estratégicas de marketing – da linguagem utilizada os canais de comunicação mais assertivos.

Por isso, compreender o que são e como as personas devem ser formadas, é essencial para alcançar seus cliente da forma mais eficaz, aumentando suas vendas. Veja como fazer isso e desenvolver sua estratégia ideal!

O que são personas e como devem ser formadas?

Personas são uma espécie de personagens que mistura um tanto de realidade e um tanto de ficção. Elas procuram exemplificar o comportamento do seu público-alvo, suas, dores, seus anseios, suas esperanças e também seus desafios.

No entanto, diferentemente do que muitos corretores pensam, montar pesonas não é um exercício de imaginação. Muito pelo contrário. Elas devem ser feitas com base em dados reais sobre seus clientes.

Há várias formas de obter essas informações, como pesquisa telefônica, preenchimento de cadastros, etc.

Entretanto, a que mais tem se mostrado eficaz é o Customer Relationship Manager (CRM), um sistema que recolhe dados de cada lead desde o seu primeiro contato.

Todas as informações vão endo armazenadas no mesmo lugar, o que facilita ainda mais a consulta para compor as personas.

Você pode fazer quantas personas julgar necessário para a sua estratégia, mas fique ligado. Afinal, quanto maior o número delas, mai fácil será de perder o foco.

Personas para o mercado imobiliário

Persona não é a mesma coisa que público-alvo

Se você está pensando “para que dois nomes para a mesma coisa?”, atenção mais uma vez. Personas não são a mesma coisa que público-alvo, ainda que estejam interligados.

Basicamente, o público-alvo é muito mais amplo. Ele atinge todas as pessoas com as quais você já fez negócio, seja vendendo ou alugando casas, apartamentos, salas etc.

Seu público-alvo na verdade é uma definição social, econômica e demográfica dos consumidores da sua imobiliária.

Ele é importante por trazer informações como idade, gênero, região, hábitos de compra, formação, estado civil e profissão, por exemplo, mas não deve ser sua única bússola para as ações de marketing.

 

 

Vamos dizer, então, que o público-alvo é um primeiro momento para a sua campanha. Já a persona oferece elementos mais específicos para uma percepção mais precisa dos seus clientes.

Trazendo para a prática, veja exemplos de como ficam definidos público-alvo e persona:

  • Público-alvo: Homens e mulheres entre 30 e 45 anos, sem casa própria, com renda mensal entre R$ 3 mil e R$ 5 mil, moradores de São Paulo.
  • Persona: Andreia Ribeiro, 35 anos, mãe solteira, mora com a mãe. Gosta de sair nos finais de semana para parques e shoppings com o filho André, de 8 anos. Sente falta de mais contato com o amigos, principalmente nos finais de tarde após o trabalho, mas procura economizar para conquistar a estabilidade da casa própria. Está sempre preocupada em guardar dinheiro para dar uma boa entrada em um apartamento com boa área de lazer e piscina, onde possa ter segurança e tranquilidade.

Personas para o mercado imobiliário

Por que a persona é tão importante para a imobiliária?

Viu quanta informações interessantes para trabalho você ganha com a persona. É bom lembrar que isso tudo você não tira do nada, mas das informações colhidas pelo CRM e também pelos seus contatos pessoais com seus clientes.

Agora, então, é a hora de usar as personas para criar conteúdos que agreguem valor e gerem interesse em seus clientes em potencial.

De acordo também com o perfil da persona é definida uma linguagem mais apropriada e um formato – blog posts, social posts, mensagens de Whatsapp, e-mail marketing etc – para o canal que ele mais consome.

Lembre-se que, na hora de criar personas, nome e fotografia, por exemplo, são fictícios. São como avatares que você escolhe para representá-las. No entanto, todo o resto deve estar baseado em informações reais sobre seus clientes.

Idade, média de renda mensal, nível escolar, profissão – tudo deve ser baseado nas suas informações colhidas e armazenada. Por isso, é muito importante manter todos os dados cadastrados muito bem atualizados através de um bom CRM.

Agora que você já sabe como as personas são importantes para a estratégia de marketing da sua imobiliária, invista nelas. Tenha um bom CRM agregado a um sistema e melhore ainda mais sua rotina de vendas!

Quer saber mais sobre como usar o marketing digital para vender mais? Continue acompanhando nossos posts e colabore dando sugestões!

Comentários

Posts Relacionados