Vender e alugar imóveis comercias, como trabalhar?

Vender e alugar imóveis comercias, como trabalhar?

Corretor, você já olhou de verdade ao seu redor? Já percebeu a quantidade imensa de opções das quais dispõe para trabalhar? Não é raro alguns corretores imobiliários ficarem presos à venda de imóveis residenciais quando os comerciais podem ser extremamente lucrativos para o seu negócio. Se você ainda não abraçou essa possibilidade, não sabe o que está perdendo. Veja como trabalhar imóveis comerciais e aumente a sua lucratividade!

Comissões – e responsabilidades – maiores

A negociação de imóveis comerciais envolve grandes somas – e, por isso mesmo, se por um lado a comissão é maior, maior também é a responsabilidade por todo o processo. Por isso, toda atenção é pouca e é essencial que conhecer muito bem o seu produto.

Antes de mais nada, portanto, é preciso ter em mente que o processo de venda ou aluguel de imóveis residenciais e comerciais não é igual. Isso por um motivo muito simples: cada qual tem suas próprias peculiaridades, que devem ser levadas em conta na hora de montar sua estratégia de venda.

Veja as lojas, por exemplo. Geralmente têm um espaço para estoque e podem estar na rua, em galerias ou em shoppings. Já as salas, geralmente em edifícios comerciais, têm estruturas simples, normalmente com apenas um banheiro – e atendem aos mais diversos profissionais, de pontos de venda a escritórios.

A laje corporativa ou andar corrido, por outro lado, na verdade é um conjunto de salas ou apenas o andar aberto, no qual o cliente compõe suas próprias divisões de acordo com suas necessidades. E há ainda os galpões ou depósitos, imóveis simples usados para armazenar mercadorias. Por isso mesmo, costumam ficar em locais fáceis de acessar, como portos, estradas e rodovias, distantes dos grandes centros.

Vender e alugar imóveis comercias, como trabalhar?

Cuidado com a legislação específica para imóveis comerciais

Uma das grandes vantagens de vender ou alugar imóveis comerciais, é que quando o ponto é bom, o giro costuma ser melhor ainda. Ou seja, dificilmente eles ficam desocupados por muito tempo entre um inquilino ou proprietário e outro. A legislação, no entanto, tem critérios e exigências bastante específicas, que podem atrapalhar o negócio se o corretor não estiver bem preparado.

Por exemplo, locação de imóvel residencial e comercial não se misturam. Isso significa que, se o imóvel é residencial, o inquilino não pode montar um negócio do local. O inverso também vale: não é possível servir de habitação um imóvel comercial, a menos que seja para um zelador, segurança ou caseiro, por exemplo.

Atenção também para a diferença nos prazos de locação. Enquanto o contrato de aluguel de imóvel residencial não pode ser menor que 30 meses e corresponde em média a 0,6% do valor do imóvel, segundo a HowStuffWorks Brasil, a vigência do contrato das locações comerciais não tem prazo mínimo. O valor, por sua vez, deve representar 0,72% do valor de venda do bem.

Vender e alugar imóveis comercias, como trabalhar?

Atenção para a diferença entre ponto e imóvel comercial

O corretor deve ficar atento a essa diferença, que ainda confunde muita gente, principalmente quem está entrando para o mundo dos negócios. Um empreendedor que alugue um imóvel comercial e começa a desenvolver uma atividade, acaba por criar uma referência naquele espaço. No entanto, ele não é dono do imóvel – assim como o proprietário do imóvel não é dono do ponto comercial, mas sim quem explora a atividade.

Quem é seu público alvo?

Da mesma forma que com os imóveis residenciais, ficar ligado em quem é seu público alvo é essencial para criar uma estratégia de locação ou venda eficiente. Uma característica é que geralmente quem está à procura de um imóvel comercial gosta de ir in loco para sentir o “clima” do lugar, por isso o foco principal deve ser o marketing tradicional, off-line – e usar o marketing digital para dar suporte a ele.

Quem procura esse tipo de imóvel? Na verdade, as pessoas mais variadas: empresários, profissionais liberais, médicos, dentistas, estoquistas, empreendedores – e investidores, claro, que buscam a alta rentabilidade dos imóveis comerciais. Como elas procuram ir a campo pesquisar os arredores e sondar possibilidades, use placas e faixas em locais visíveis, com seus números de contato bem visíveis. Não se esqueça, no entanto, de ficar de olho nas regras de divulgação do Creci.

Por outro lado, uma boa estratégia de marketing digital ajuda a deslanchar a off-line. Invista na divulgação nas redes sociais e tenha um bom CRM (Customer Relationship Manager) para captar o máximo possível de dados sobre qualquer visitante do seu site imobiliário que busque por imóvel comercial. Assim você amplia suas chances de fechar negócio e consegue tomar decisões proativas.

Vender e alugar imóveis comercias, como trabalhar?

E então, ainda ficou alguma dúvida? Tem alguma sugestão sobre como negociar imóveis comerciais ainda mais facilmente? Compartilhe conosco suas ideias aqui nos comentários!

Comentários

Posts Relacionados